A deputada Federal Edna Henrique participou na terça-feira (03) de uma audiência com a superintendente da Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan), Simone Guimarães, e o secretário de representatividade da Paraíba, Adauto Fernandes, em Brasília. A parlamentar tratou sobre o projeto de ampliação e reforma da estrutura do Hospital Regional Santa Filomena, em Monteiro, para dar seguimento ao processo de aquisição dos equipamentos e a devida instalação dos serviços do Centro de Hemodiálise e UTI que atenderá a demanda do Cariri paraibano, garantindo assistência de qualidade à saúde da população.

A reforma e ampliação da unidade de saúde é uma demanda antiga, porém, para receber os novos equipamentos e serviços é necessário que a obra seja realizada com urgência. Desde o inicio do seu mandato, a deputada Edna Henrique luta incansavelmente para que o sonho da região se torne realidade e destinou uma emenda parlamentar de R$ 12 milhões ao Governo da Paraíba para que sejam efetivados esses importantes serviços que são pautas defendidas pela parlamentar.

“Foi uma reunião muito produtiva e agradeço imensamente a presteza da superintendente da Suplan, Simone Guimarães, do secretário de representatividade do Governo do Estado em Brasília, Adauto Fernandes, por encaminhar as demandas do nosso povo que tenho a honra de representar. Essa é a nossa luta, destinamos a emenda de doze milhões e a instalação do Centro de Hemodiálise e dos seis leitos de UTI no Hospital Santa Filomena, em Monteiro, está a cada dia mais próximo de se tornar realidade”, pontuou Edna Henrique.

Presente na reunião o assessor parlamentar da deputada Edna Henrique, Clênio Nóbrega.

A implantação do Centro de Tratamento de Hemodiálise no Município de Monteiro e da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na estrutura do Hospital Santa Filomena dará acesso para que os pacientes tenham o tratamento dentro dos princípios doutrinários do Sistema Único de Saúde da universalidade, integralidade e equidade. Pacientes dos 30 municípios paraibanos da região e de outros 19 municípios pernambucanos atendidos na localidade, enfrentam constantes viagens para realizarem os procedimentos de hemodiálise. Essas cidades somam mais de meio milhão de habitantes que precisam desse serviço urgentemente.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Legislativo
Comentários estão fechados.

Veja Também

Justiça intima grupo de Genivaldo Tembório à retirar pesquisa fake das redes sociais

Na tarde da última quinta-feira (22), a Coligação Mudar Para Crescer que tem como candidat…