“Serei candidata à Prefeitura de Campina Grande para defender também o espaço das mulheres na política e a necessidade de sermos protagonistas da construção de soluções para o desenvolvimento da cidade”.

Foi o que afirmou a pré-candidata e atual secretária de Desenvolvimento e Articulação dos Municípios (Sedam), Ana Cláudia Vital do Rêgo, ao destacar algumas de suas propostas para as mulheres, nesta semana alusiva ao Dia da Mulher, comemorado neste domingo.

Para Ana Cláudia, a atual administração municipal de Campina Grande deixou, nos últimos sete anos e três meses, de ter um olhar prioritário nas políticas públicas para as mulheres.

Segundo ela, Campina precisa de um projeto de desenvolvimento que combine crescimento econômico com justiça social, e que permita um nível de investimento que favoreça o crescimento da economia, gerando empregos e a queda dos impostos.

“Quero mostrar que as mulheres podem e terão lugar de destaque na nossa administração. Por isso, nosso projeto coletivo tem um olhar especial para as mulheres, sobretudo para a relação das mulheres com o mercado de trabalho”, assegurou Ana Cláudia.

Ana citou dados nacionais apontando que cerca de 50% das mulheres que têm filhos não conseguem retornar e permanecer no emprego de antes, após a maternidade.

“A ausência de creches e escolas de educação infantil, ou mesmo a falta de estrutura atual nas existentes na cidade, coloca as mulheres em desvantagem no mercado de trabalho, e muitas vezes transforma os avós em cuidadores permanentes”, assinalou.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Política
Comentários estão fechados.

Veja Também

Justiça intima grupo de Genivaldo Tembório à retirar pesquisa fake das redes sociais

Na tarde da última quinta-feira (22), a Coligação Mudar Para Crescer que tem como candidat…