A promotora de Justiça, Paula Camillo Amorim, determinou a abertura de inquérito civil público para apurar denúncia de crime de prevaricação supostamente cometido pelo ex-prefeito de Mari, Marco Aurélio Paiva;

A medida foi publicada na edição dessa quarta-feira (18), do Diário Eletrônico do Ministério Público da Paraíba.

De acordo com a denúncia, as supostas irregularidades teriam sido cometidas durante o exercício financeiro de 2016, último ano do mandato do gestor.

A publicação não detalha qual teria sido o tipo de irregularidade supostamente cometida pelo ex-prefeito.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Judiciário
Comentários estão fechados.

Veja Também

BAIXE AGORA: Caixa lança aplicativo para solicitar auxílio emergencial de R$ 600

A Caixa Econômica Federal disponibilizou nesta terça-feira (7) o site e o aplicativo por m…