PF busca desarticular um possível esquema criminoso voltado à venda de decisões judiciais, por juízes e desembargadores.

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta terça-feira (24), a 5ª fase da operação “Faroeste“, que apura um suposto esquema de venda de decisões judiciais.

A ação foi autorizada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Juízes e desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA) estão na mira da PF.

A PF cumpre mandados de prisão temporária contra uma desembargadora do TJ-BA e dois advogados, sendo um deles filho e operador financeiro da magistrada.

Além de corrupção ativa e passiva, outros crimes são investigados: lavagem de ativos, evasão de divisas, organização criminosa e tráfico influência.

Na manhã de hoje foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão nas cidades baianas de Salvador e Mata de São João, e Rondonópolis, no Mato Grosso.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Judiciário
Comentários estão fechados.

Veja Também

CAOS: Morador denuncia descaso e uso irregular das máquinas da prefeitura de Água Branca

A prefeitura do município de Água Branca ultimamente vem sendo denunciada por os moradores…