Segurança do presidente Jair Bolsonaro, o policial militar Ari Celso Rocha de Lima Barros, 39 anos, está internado em estado grave em um hospital de Brasília com Coronavírus

Ele é capitão da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e foi diagnosticado com a doença em 18 de março. Desde então, cumpria isolamento domiciliar. Mas, segundo a família, o quadro piorou.

“Estava em casa, sob controle. Ontem [quarta] se sentiu mal e foi internado no Hospital de Base”, contou ao site Metrópoles a mãe do segurança, dona Julmar Rocha de Lima de Barros.

“Ele trabalha na Presidência. É segurança do presidente. Ele sempre viaja com ele. E eu acredito que esse vírus ele adquiriu nessas viagens que fez”, acrescentou. Na viagem para Miami, em que integrantes da comitiva presidencial adoeceram, Ari não esteve presente.

 

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

CAOS: Morador denuncia descaso e uso irregular das máquinas da prefeitura de Água Branca

A prefeitura do município de Água Branca ultimamente vem sendo denunciada por os moradores…