As autoridades nas Filipinas foram autorizadas a disparar contra as pessoas que desrespeitarem as medidas implementadas para o combate ao novo coronavírus. Em um discurso transmitido na TV nesta quinta-feira, o presidente Rodrigo Duterte reforçou ainda a “seriedade” da pandemia, que já registra 2.311 casos confirmados e 96 mortes no país. As informações são do jornal Extra.

“Está piorando. Então, mais uma vez, estou falando a vocês sobre a seriedade do problema e que vocês precisam ouvir. Minhas ordens à polícia e aos militares… se houver tumultos e alguma ocasião em que houver reação e as vidas de vocês estiverem em perigo, atirem para matar. Está entendido? Para matar. Em vez de causarem tumultos, enterrarei vocês”, afirmou Duterte.

A população das Filipinas tem entrado em confronto nas ruas da capital Manila, por conta da falta de apoio do governo, principalmente na área de alimentação. Várias pessoas já foram presas. Em Quezon City, cerca de 21 moradores foram detidos por exigir ajuda e protestar sem permissão.

“Lembre-se, você é esquerdista: você não é o governo. Não saia causando problemas e tumultos, porque eu ordenarei que você seja detido até que este surto de Covid termine”, disse.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

Justiça intima grupo de Genivaldo Tembório à retirar pesquisa fake das redes sociais

Na tarde da última quinta-feira (22), a Coligação Mudar Para Crescer que tem como candidat…