Sergio Moro também comentou no Twitter a soltura de milhares presos de grupos de risco durante a pandemia do coronavírus.

“A Recomendação 62/CNJ deixa aos juízes a apreciação dos casos de soltura e duvido que o objetivo seja colocar em liberdade ou em domiciliar criminosos perigosos.Juízes deveriam manter presos homicidas, membros de quadrilhas, entre outros. Não há infectados.”

Segundo o Ministério Público, entre os mais de dois mil presos do Paraná que deixaram a cadeia por causa da pandemia há criminosos que cometeram homicídios e estupros.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Judiciário
Comentários estão fechados.

Veja Também

Paraíba chega a 142.898 casos confirmados e 3.261 mortes por Coronavírus

A Paraíba tem 142.898 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, segundo inf…