A suplente de deputada federal, vereadora Eliza Virgínia (PP), lamentou, na tarde deste sábado (11), o aumento da taxa de letalidade por Covid-19 na Paraíba. De acordo com o Ministério da Saúde, a Paraíba está em 2º lugar, com 12,94%, perdendo apenas para o Piauí, que chegou à marca de 17,5%. Eliza responsabiliza a gestão da saúde do Governo do Estado da Paraíba, que não tem sido eficiente e não tem cuidado dos infectados pelo vírus.

Para a parlamentar, o crescente número é causado por falta de teste no Estado. “Os nossos paraibanos precisam ser mais cuidados e os cuidados não é apenas quando a situação já está grave, mas começa com os testes. Então precisamos de mais testes e de forma mais acessível a população que contrair o novo coronavírus. Então, sinceramente, considero um absurdo total o nosso Estado ficar em segundo lugar por taxa de letalidade”, destacou Eliza.

A vereadora questionou que se for verdade que a taxa de letalidade por essa infecção é em média 3%: “teríamos como constatar que temos mais de 400 pessoas infectadas na Paraíba”, disse.

Eliza criticou também o atendimento nos Hospitais da Paraíba. “Precisamos além dos testes, também saber acolher as pessoas que precisam do atendimento, pois está acontecendo uma desinformação e isso prejudica a situação. A parlamentar finaliza pedindo mais transparência por parte do Governo no Estado.

A taxa de letalidade de uma doença é a proporção entre a quantidade de indivíduos que já morreram e o número total de infectados. O resultado é uma porcentagem que indica a gravidade de determinada doença.

 

Assessoria

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Legislativo
Comentários estão fechados.

Veja Também

Felisardo Moura registra candidatura no TSE pelo Democratas para disputar Prefeitura da Prata

O Democratas (DEM) registrou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a candidatura do poeta …