A Prefeitura de Prata não cuida da qualidade das estradas das zonas rurais do município, elas estão cheias de buracos, mas quando o assunto é gastança com combustíveis, a realidade é outra. O Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade (Sagres) lista a cidade caririzeira entre as que registram o maior gasto com combustíveis no Estado. Uma verdadeira farra com o dinheiro público. Nada menos que R$ 1.2 milhão em licitação homologada no dia 03/02/2020. A empresa ganhadora da licitação é a L.A Lucas III & CIA LTDA.

A dinheirama seria suficiente para construir uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) na cidade. Mas não parece ser esse o objetivo do prefeito Júnior de Nôta (MDB). De acordo com o TCE, o prefeito investe mesmo é em combustível.

Um cálculo simples, levando em consideração o valor gasto, permite dizer que se fosse possível ir da terra à lua com um carro que consumisse em torno de 12 quilômetros com cada litro e com gasolina a R$ 4,27, daria para ir da Terra à Lua 8 vezes. Descendo ao plano terreno, o mesmo veículo poderia ir de Prata a João Pessoa 108,4 mil vezes em um único ano. Por dia, isso representaria 45 idas à capital. Ou mesmo a ida de 45 veículos, todos os dias, ao mesmo tempo, de Prata para João Pessoa.

Achou pouco? Se quiser dar a volta ao mundo usando o mesmo carro, isso representaria 122 voltas em um ano.

VEJA:

 

 

REDAÇÃO DO POLÍTICA PARAHYBA

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

Candidatos a vereador rompem com Micheila Henrique e anunciam apoio a Anna Lorena, em Monteiro

A candidatura à reeleição da prefeita Anna Lorena (PL) não para de receber adesões. Neste …