O prefeito Romero Rodrigues disse, na manhã deste sábado, 18, que não fará qualquer questionamento, no âmbito do município, ao decreto do governador João Azevedo permitindo a reabertura de setores do comércio, como lojas de veículos, óticas e estabelecimentos que comercializem produtos médico-hospitalares.

“Para quem estava disposto a promover uma reabertura gradual, sob controle experimental do comércio de Campina Grande, na próxima segunda-feira, seria incoerência de minha parte me levantar contra qualquer iniciativa nesse sentido, mesmo sendo pontual”, justificou Romero Rodrigues.

De acordo com o prefeito, que acatou recomendação dos Ministérios Públicos Federal, Estadual e do Trabalho e manteve as medidas restritivas ao comércio local, é importante que os gestores atentem para a necessidade de flexibilizar, com responsabilidade e regras bem definidas, as medidas que afetam as atividades econômicas.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Economia
Comentários estão fechados.

Veja Também

Anna Lorena diz que está preparada e pronta para enfrentar adversária em debates e entrevistas

A prefeita e pré-candidata a reeleição, Anna Lorena, afirmou na tarde desta quinta-feira (…