O governador João Azevêdo (PSB) usou as redes sociais na noite desse sábado (25) para reforçar sua preocupação com as declarações feitas pelo ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, contra o presidente Jair Bolsonaro, e cobrou atenção das instituições. Azevêdo, todavia, lamentou a crise política que se instala em paralelo à crise na saúde, que é um inimigo em comum de toda a federação.

“As denúncias do ex-ministro Sérgio Moro são graves e precisam ser apuradas. Em meio ao combate à pandemia do coronavírus era tudo que o Brasil não precisava: divisão, acusações e perda de foco no inimigo comum neste momento”, disse.

Em outra postagem, o governador destaca que nesse momento o que deve ser fortalecido é a manutenção do estado democrático de direito.

“Mas nossas instituições precisam estar atentas, também, para preservar a democracia, independente de turbulências políticas e administrativas”, emendou.

As declarações foram publicadas no twitter por volta das 19h.

CONFIRA:

 

Da redação com Blog do Ninja

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Política
Comentários estão fechados.

Veja Também

Anna Lorena diz que está preparada e pronta para enfrentar adversária em debates e entrevistas

A prefeita e pré-candidata a reeleição, Anna Lorena, afirmou na tarde desta quinta-feira (…