O governador João Azevêdo Lins Filho (Cidadania) anunciou, a aquisição de 105 respiradores para concluir a instalação das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) destinadas aos pacientes diagnosticados com a Covid-19, conforme prevê o Plano de Contingência Estadual. De acordo com o chefe do Executivo, 30 respiradores deverão chegar até a próxima quinta-feira (30) e os demais 75 respiradores têm previsão de entrega para o dia 15 de maio.

Os respiradores que chegarão esta semana serão distribuídos entre o Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires (12); Hospital de Trauma de Campina Grande (8); Hospital Regional de Patos (6) e Hospital Regional de Cajazeiras (4). A aquisição dos respiradores representa um investimento de R$ 19,9 milhões, sendo R$ 14 milhões de recursos próprios do Estado, R$ 4,9 milhões oriundos de emendas parlamentares e R$ 1 milhão doado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT).

“Com isso, o Estado terá fechado, dentro da sua programação, os leitos de UTIs de responsabilidade da gestão. Hoje, nós temos uma disponibilidade de 70% dos leitos de UTI e 87% dos leitos de enfermaria porque fizemos um Plano de Contingência extremamente arrojado e reforçamos a necessidade de promovermos o achatamento da curva para que a contaminação ocorra de forma gradual para que o sistema de saúde tenha condições de continuar atendendo as pessoas. Por isso, é fundamental entender a importância do isolamento e do uso de máscara em ambientes públicos quando houver a necessidade de sair”, disse.

Testes rápidos – O governador João Azevêdo também informou que 80 mil testes rápidos deverão chegar ao Estado na próxima quarta-feira (29). Das 310 mil unidades adquiridas pela gestão estadual -um investimento de R$ 22,3 milhões-, 20 mil já foram distribuídas com os municípios para serem aplicadas na população.

“O nosso objetivo com o aumento da testagem é para que a gente possa ter um perfil epidemiológico e saber exatamente o que está acontecendo em termos de contaminação e proliferação do vírus”, explicou.

Os testes rápidos foram distribuídos em serviços estaduais e municipais para testagem do público-alvo mantendo o fluxo de registro das informações via sistemas oficiais. Em João Pessoa, a testagem está sendo realizada em domicílio. Em Campina Grande, a testagem será feita nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) de referência. Na 2ª Gerência Regional de Saúde (GRS), a referência para os testes rápidos será a UPA de Guarabira. Na 3ª GRS os testes rápidos serão realizados no Hospital Municipal de Esperança, no Centro de Testagem de Esperança e no Hospital Municipal de Areia. Na 4ª GRS a oferta dos testes rápidos será no Centro de Testagem de Cuité, Centro Testagem de Picuí e Hospital Regional de Picuí.

Na 5ª GRS as referências são o Hospital de Sumé, Hospital de Serra Branca, UPA de Monteiro; 6ª GRS: Hospital Regional de Patos ou UPA de Patos e Hospital Sinhá Carneiro, em Santa Luzia; 7ª GRS: Piancó, Conceição, Hospital Regional de Itaporanga; 8ª GRS: Hospital Regional de Catolé, Hospital Municipal de São Bento, Hospital Municipal de Brejo do Cruz; 9ª GRS: UPA de Cajazeiras, Posto de Testagem Uiraúna, Hospital Municipal de São José de Piranhas; 10ª GRS: Sousa, nos Centro de Testagem e na UPA; 11ª GRS: Hospital de Princesa Isabel, Hospital Municipal de Princesa Isabel, Hospital Municipal de Água Branca e Hospital Municipal de Juru; 12ª GRS: UPA de Ingá, Hospital Municipal de Pedras de Fogo, Posto de Testagem de Itabaiana; 13ª GRS: Pombal Hospital Regional de Pombal, UPA de Pombal, Hospital Municipal de Paulista; 14ª GRS: Posto de Testagem de Mamanguape, Secretaria Municipal de Saúde e Hospital Regional;15ª GRS: Hospital Regional de Queimadas, Hospital Municipal de Aroeiras, Hospital Municipal de Boqueirão; 16ª GRS: Hospital Geral de Taperoá e Hospital Municipal de Soledade.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Destaque
Comentários estão fechados.

Veja Também

Jair Bolsonaro destina crédito suplementar de R$ 15 milhões para obra de adequação da BR-230 na Paraíba

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), por meio do Ministério da Infraestrutura, desti…