A prefeitura de Patos, no Sertão paraibano, prorrogou para até o dia 18 de maio o decreto com medidas restritivas de circulação de pessoas por causa da pandemia de Covid-19. O novo decreto, publicado no Diário Oficial do Município, traz também da determinação da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção facial em todos os espaços públicos e em estabelecimentos que podem funcionar.

O decreto mantém a suspensão dos serviços de academias, ginásios, centros comerciais, bares, restaurantes, casas de festas, casas noturnas e similares. As aulas presenciais nas escolas, universidades e faculdades da rede pública e privada do município também estão suspensas.

As determinações sobre velórios e sepultamentos, publicadas no decreto do dia 20 de abril, ficam mantidas. Segundo o texto do novo decreto, os estabelecimentos em funcionamento, que são os de serviços essenciais, não devem permitir o acesso de pessoas que não estejam com máscara facial, seja de fabricação caseira ou artesanal. Estes estabelecimentos também precisam disponibilizar álcool em gel 70% em locais visíveis e manter o distanciamento de dois metros entre as pessoas.

Estão proibidas a realização de missas, cultos e quaisquer cerimônias religiosas e o funcionamento dos serviços públicos municipais seguem conforme publicação do primeiro decreto.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

Jair Bolsonaro destina crédito suplementar de R$ 15 milhões para obra de adequação da BR-230 na Paraíba

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), por meio do Ministério da Infraestrutura, desti…