O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que “ainda bem” que o “monstro” do coronavírus surgiu, demonstrando a necessidade da presença do Estado.

Lula deu declaração ao conceder uma entrevista por videoconferência ao jornalista Mino Carta, da revista “Carta Capital”.

Durante a entrevista, Lula disse que o preconceito está “na medula da elite brasileira”, que, “grosseira e raivosa”, é, segundo ele, contrária aos direitos para empregadas domésticas, jardineiros e pobres.

“O que eu vejo? Quando eu vejo os discursos dessas pessoas, quando eu vejo essas pessoas acharem bonito que ‘tem que vender tudo o que é público’, que ‘o público não presta nada’, ainda bem que a natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus. Porque esse monstro está permitindo que os cegos comecem a enxergar que apenas o Estado é capaz de dar solução a determinadas crises. Essa crise do coronavírus, somente o Estado pode resolver isso, como foi a crise de 2008.”

Lula mencionou, na sequência, o ex-presidente dos Estados Unidos Franklin Roosevelt, que comandou o país de 1933 a 1945. À época, houve a Segunda Guerra Mundial (1939 a 1945).

“Você acha que ele [Roosevelt] estava preocupado com orçamento da União? Com déficit fiscal? Se o Tesouro ia falir ou não? Ele tinha que construir armas para vencer a guerra”, disse Lula ao se dirigir ao jornalista que o entrevistava.

Conforme o ex-presidente, o momento é de “guerra contra o coronavírus”, e o governo do presidente Jair Bolsonaro “sequer” cumpriu a tarefa de entregar o auxílio emergencial de R$ 600 para todas as pessoas.

Coronavírus no Brasil

Segundo o Ministério da Saúde, o Brasil registrou até a tarde desta terça-feira 17.971 mortes por coronavírus, além de 271.628 casos confirmados.

VEJA O VÍDEO

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Destaque
Comentários estão fechados.

Veja Também

Edilma Freire promete construir Restaurante Popular no Valentina Figueiredo

A candidata a prefeita de João Pessoa pelo Partido Verde (PV), Edilma Freire, esteve com a…