O Estado da Paraíba vai receber do governo Jair Bolsonaro R$ 448 milhões como socorro emergencial para o enfrentamento dos efeitos decorrentes da pandemia do novo coronavírus. O dinheiro será repassado em quatro parcelas de R$ 112 milhões, segundo informou o secretário de Estado da Fazenda, Marialvo Laureano.

O aporte foi definido em uma reunião do presidente Jair Bolsonaro com os governadores brasileiros que também contou com as presenças do presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre; do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia; e de ministros.

O programa de socorro previsto na proposta aprovada pelo Congresso Nacional destina R$ 60 bilhões aos estados e municípios para compensação de perdas de receita e ações ocasionadas pela Covid-19.

O governador da Paraíba, João Azevedo, considerou a reunião objetiva. “O foco foi claro nas discussões do projeto aprovado pelo Congresso Nacional e no pleito dos governadores de agilizar essa medida, que também suspende as dívidas dos Estados com a União e com os bancos”, avaliou.

Ele também informou que houve um apelo dos governadores para que a primeira parcela do auxílio pudesse já ser liberada no mês de maio. “Isso faria uma diferença significativa para as finanças dos Estados e municípios do país. A reunião foi extremamente propositiva, respeitosa e que poderá ser um marco para que a gente possa, a partir de agora, construir uma relação que permita que a gente enfrente essa crise”, observou.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Destaque
Comentários estão fechados.

Veja Também

Deputado Frei Anastácio repudia intervenção na Convenção do PT “Ricardo Coutinho está querendo se apoderar do PT”

O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) disse que repudia com revolta, a intervenção fei…