A secretária de assistência social de Ouro Velho, Aline Lucena, emitiu uma nota na tarde deste sábado (27) em que esclarece sobre os bloqueios recorrentes ao pagamento das parcelas do auxílio emergencial.

Na nota divulgada a secretária lembra que os bloqueios são de ordem e competência do próprio Ministério da Cidadania e da Controladoria-Geral da União (CGU). Afirmou ainda que todo processo de elaboração do projeto como também da avaliação e liberação deste benefício é de plena e única responsabilidade do Governo Federal.

“Lembramos que o Município não possui atribuição de bloqueio e nem de desbloqueio do auxílio emergencial. De acordo com a portaria N° 387, de 15 de maio de 2020, não é possível que os Municípios façam alterações nos cadastros do Bolsa Família enquanto durar o auxílio emergencial”. Finalizou.

 

Confira a Nota:

 

 

REDAÇÃO DO POLÍTICA PARAHYBA

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Gabriel Moura
Carregar mais por Economia
Comentários estão fechados.

Veja Também

MONTEIRO: Profissionais da Rede Municipal de Ensino participam de formações via aplicativos

A Prefeitura Municipal de Monteiro tem estabelecido diversas parcerias com o intuito de of…