O governador João Azevêdo Lins Filho (Cidadania) anunciou, a prorrogação, por mais dois meses, do pagamento de R$ 50,00 do Programa Cartão Alimentação. O acréscimo de 42% é uma das medidas sociais adotadas pelo Governo do Estado para ajudar as famílias em situação de vulnerabilidade durante o período de enfrentamento da pandemia do coronavírus. O reajuste representa um impacto mensal de R$ 780 mil nos cofres públicos estaduais e contempla cerca de 52 mil famílias paraibanas.

As pessoas cadastradas no programa recebem o valor reajustado de R$ 50,00 desde o mês de abril e também foram contempladas com a distribuição de cestas básicas de alimentos oriundos da agricultora familiar.

O Cartão Alimentação é um programa de transferência de renda que atende às famílias em situação de vulnerabilidade social e abrange diversos municípios da Paraíba. Ele é utilizado na compra de gêneros alimentícios e é recebido em 218 estabelecimentos do Estado. O programa já teve o valor reajustado em 40% no ano passado, passando para R$ 35,00 e, agora diante da pandemia, o Governo do Estado determinou um acréscimo de R$ 15,00, que será pago, desta forma, até o mês de agosto.

“Além das ações desenvolvidas na Saúde, para assegurar um tratamento adequado para quem precisasse de um leito de enfermaria ou de UTI, também voltamos a nossa atenção para a área social, pois sabemos das dificuldades enfrentadas por muitas pessoas durante o período de isolamento social, necessário para conter o avanço de casos no Estado. Esse é mais um gesto do governo para atender a quem mais precisa e mais uma reivindicação atendida e que vai ajudar muitas famílias neste momento”, disse o governador.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Destaque
Comentários estão fechados.

Veja Também

Pré-candidato do Partido da Unidade Popular afirma que Luciano Cartaxo quer implantar uma oligarquia em João Pessoa

O jornalista Rafael Freire, pré-candidato a prefeito de João Pessoa pelo Partido da Unidad…