O ex-prefeito de Bayeux Berg Lima (PL) foi multado em R$ 2 mil após o Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB) julgar irregular uma compra de materiais de construção para obras de reparo e manutenção de prédios públicos feita pela Prefeitura de Bayeux, em 2019. A decisão, da 1ª Câmara do órgão, foi dada na quinta-feira (24).

Segundo o relator do processo, conselheiro Fernando Rodrigues Catão, dos R$ 2,9 milhões destinados a compra dos materiais, foram efetuadas despesas de apenas R$ 247 mil, representando pouco mais de 8% do valor total.

No voto pela reprovação das contas, o relator listou outras irregularidades apontadas em um relatório de auditoria e parecer do Ministério Público de Contas (MPC), como a existência de indícios de restrição de competitividade e a falta de comprovação da vantagem advinda da adesão.

Fernando Catão disse ainda que o relatório aponta a falta de justificativa adequada para as quantidades de produtos a serem contratadas e a não apresentação de projetos básicos, nem identificados quais os prédios e tipos de reformas que precisavam ser feitas.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Destaque
Comentários estão fechados.

Veja Também

João Azevêdo visita obras e apresenta investimentos que somam mais de R$ 189 milhões em Patos

O governador João Azevêdo esteve, nesta sexta-feira (23), em Patos, no Sertão da Paraíba, …