O delegado Wallber Virgolino (Patriota), candidato à Prefeitura de João Pessoa, prometeu que vai armar a guarda municipal da capital se for eleito. “Segurança pública é minha vida. A guarda municipal é um órgão de segurança pública, um agente de segurança pública. Tem a função de prevenir o crime, é um braço armado do município. Vamos estruturar, reforçar o setor de inteligência, para proteger a mulher, o turista. É uma função do guarda municipal estar armado”, declarou em entrevista à CBN nesta quinta-feira (22).

No primeiro bloco, o candidato explicou que quer ser prefeito por uma “missão”. “A sociedade está revoltada com a classe política e essa revolta me faz concorrer a esse cargo e melhorar a vida do pessoense, colocando para funcionar o que realmente é possível”, ressaltou.

Sobre seu posicionamento político e social, Wallber Virgolino declarou que sempre foi conservador. “Sempre tive um discurso linha dura, sempre, para mim, bandido bom foi bandido morto. Eu sou delegado de polícia, exerci cargo de secretário, prestei serviço ao meu estado”, frisou.

O candidato prometeu também uma reforma tributária, administrativa e previdenciária. A proposta dele é não aumentar os impostos e trazer empresas de volta, a partir da redução dos impostos. Wallber pretende reduzir o ISS para investir no turismo e na ciência e tecnologia, atraindo empresas que não estão pagando impostos. “Com as reformas, vai sobrar mais dinheiro e poderemos destinar recursos para as pessoas que mais precisam. Vamos trabalhar nesse sentido para atender o pessoense do mais pobre ao mais rico”, destacous.

Wallber Virgolino ainda destacou que na área da saúde, antes de investir, precisa reduzir as filas, entre elas, a de cirurgias. Segundo ele, apenas depois disso será possível colocar a saúde de João Pessoa para funcionar. Em relação ao Complexo Hospitalar de João Pessoa, o Trauminha, será feita uma auditoria interna para saber se o dinheiro foi usado da forma correta e valorizar o profissional de saúde.

Na área da educação, o candidato deve criar um voucher para alunos de creches. Desse modo, ele promete que vai incentivar a iniciativa privada da educação infantil que foi prejudicada devido à pandemia do coronavírus e, ao mesmo tempo, dar acesso à educação para as crianças da rede pública de ensino. “É para o município ganhar tempo e levar vaga para todas as crianças de João Pessoa”, frisou.

Em relação aos camelôs, pretende ir de encontro ao que é feito na gestão atual. “Vamos voltar à linha de crédito do banco cidadão para que essas pessoas possam se formalizar, se reestruturarem. Eu tenho andado nos shoppings populares e mercados, vamos revitalizar todos, cadastrar e abrir mais vagas. Conseguimos reformas, abrir mais vagas e destinar boxes para essas pessoas”, explicou.

Sobre a forma como dará andamento à gestão na prefeitura, Wallber Virgolino declarou que é sensível quando tem que ser e truculento quando precisa. “Vou agir com sensibilidade com temas que merecem, e ser duro com temas que merecem a dureza. O gestor não pode ter duas caras. Quem votar em mim vai votar no delegado, no deputado e no prefeito”, declarou.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Hagnon Halberto Carvalho da Silva
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

Jair Bolsonaro destina crédito suplementar de R$ 15 milhões para obra de adequação da BR-230 na Paraíba

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), por meio do Ministério da Infraestrutura, desti…